Associação Portuguesa de Veteranos de Guerra alerta

Cerca de 150 mil homens que combateram na Guerra Colonial tomam medicamentos por sofrerem de stress pós-traumático, revelou esta segunda-feira o presidente da Associação Portuguesa de Veteranos de Guerra (APVG).

O médico Augusto Freitas explicou que “os 150 mil homens, para além de apoio clínico, ainda recebem outros tipos de ajuda como terapia individual, familiar ou de grupo”, acrescentando que o número avançado pela organização “não engloba ex-soldados que estão em tratamento fora de qualquer sede de antigos combatentes ou que recorram apenas aos centros de saúde”.

O responsável disse ainda que a APVG é detentora de um terreno em Braga, onde pretende construir um centro de Dia e um lar com 130 camas. Um projecto que vai ser apresentado ao Programa Pares, do Ministério da Solidariedade.

Esta segunda-feira assinala-se o Dia do Veterano de Guerra, tendo a associação, que conta com 50 mil associados, organizado uma reunião de ex-militares em Guimarães.

antecedentes_guerra


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: